David Copperfield.  Charles Dickens
Capítulo 52. ASSISTO A UMA EXPLOSÃO
< Назад  |  Дальше >
Шрифт: 

Quando estávamos a vinte e quatro horas do dia tão misteriosamente fixado pelo senhor Micawber, reunimonos, eu e a tia, para combinar o que faríamos, pois ela hesitava ainda em deixar a Dora só. Ah, com que facilidade eu levava agora ao colo minha mulher, de manhã e à noite, devido à sua magreza!

Pendíamos, apesar das recomendações de Micawber, para a solução de a tia ficar em casa e ser representada por mim e pelo senhor Dick. Tínhamos chegado a esta resolução quando Dora estragou o projecto declarando que jamais perdoaria, a si mesma e ao mauzão do marido se Betsey lhe fizesse companhia, sob qualquer pretexto.

- Não lhe falo mais - declarou Dora, sacudindo os caracóis. - Vou ser antipática. Mandarei o Jip ladrarlhe todo o dia. Se a senhora não for, convençome de que é uma velha embirrenta.

- Botãozinho de rosa - respondeu a tia, rindo -- bem sabes que não podes passar sem mim.

- Posso, sim, senhora. Não me presta nenhum serviço. Só me conta histórias desagradáveis de quando Doady era pequeno e chegou a casa coberto de pó, com os sapatos esburacados. Nunca diz nada que me dê prazer! - Mas logo acrescentou, beijando Betsey: - Isto é a brincar!

Não fosse a senhora Trotwood tomála a sério...

- Mas ao menos escute - continuou Dora. - A senhora tem de ir. Não a deixo em paz sem me prometer que vai. Tornarei a vida deste mau marido de tal forma horrorosa, se ele não a obrigar a ir! E tome cuidado com o Jip, hem? Demais a mais - acrescentou, lançando para trás os cabelos soltos e olhandonos com ar interrogativo - por que não haveriam de ir os dois? Eu não estou assim tão doente! Ou estarei?

- Que pergunta, filha - replicou a tia.

- Que ideia! - disse por meu turno.

- Bem sei que sou uma tonta! - disse ela olhando atentamente ora para um ora para outro de nós, e estendendo os lindos lábios para nos beijar, ao mesmo tempo que reclinava a cabeça no travesseiro. - Está pois combinado que vão ambos; de outro modo não os acreditarei e começo a chorar.

Vi então na fisionomia de Betsey que ela principiava a ceder, e assim o rosto de Dora iluminouse, pois que também tivera a mesma desconfiança.

- À volta terão tanto que me contar! E eu levarei uma semana a compreendêlos; tenho a certeza de que os não compreenderei

logo, se se tratar de negócios. Não há dúvida de que se trata de negócios. Demais a mais, se houver contas de somar, nunca eu as perceberei. Ah, já estou a ver a cara deste mauzão! Enfim, está decidido que vão os dois, hem? É apenas uma noite, o Jip ocuparseá de mim. Doady levame já para cima, antes de sair, e eu só tornarei a descer depois de voltarem. Digam à Agnes que lhe ralho muito porque nunca me vem visitar.

Sem mais discussão, consentimos em partir, mas declarámos a Dora que era uma hipòcritazinha, que se fingia mais doente do que estava, só para ter aqueles mimos. Minha mulher ficou contente e mostrouse bem disposta com a solução. Nessa mesma tarde partimos os quatro, isto é, a tia, o senhor Dick, Traddles e eu, para Cantuária, tomando a malaposta de Dover.

No hotel em que Micawber nos pedira que esperássemos, e onde fomos admitidos, com certa dificuldade, em plena noite, encontrei uma carta em que ele anunciava a sua vinda no dia seguinte de manhã, às nove horas e meia em ponto.

Depois disso recolhemos enregelados, a essa hora incómoda, às respectivas camas, atravessando corredores compridos, sem ar, cujo cheiro fazia supor que estavam há anos imersos numa atmosfera de cozinha e de cavalariça.

Cedinho, no outro dia, fui vaguear pelas ruas velhas e tranquilas da cidade, entre pórticos antigos e igrejas veneráveis. As gralhas voavam derredor das torres da catedral, e as mesmas torres, olhando sempre para a extensão imutável dos campos férteis cortados de arroios claros, recortavamse no céu puro da manhã como se aquela terra não sofresse a mínima alteração. Contudo, quando os sinos soaram, foi para me falar com Voz triste de mudanças por toda a parte, da sua velhice e da mocidade de Dora, e de todos quantos, não tendo chegado a velhos, tinham vivido, amado e desaparecido. E as últimas vibrações das badaladas punham gemidos na armadura enferrujada do Príncipe Negro, que lá pendia, despertavam partículas de pó na profundidade do tempo e dissipavamse no espaço como círculos na água.

Observei a velha casa do canto da rua, mas sem me aproximar, receoso de ser visto e de prejudicar involuntariamente o êxito do plano que eu viera servir. O sol matutino dardejava oblíquo sobre as empenas e as janelas, cujas vidraças doirava, e ao meu coração pareceu transmitirse um pouco da sua paz.

Deambulei em seguida, por uma hora, no campo, e regressei pela rua direita, que entretanto acordara do seu repouso nocturno. Entre as pessoas que se azafamavam nas lojas, reconheci o meu inimigo de outrora, o rapaz do talho, promovido actualmente à dignidade de patrão, com as suas botas altas e acompanhado

de uma criança. Acalentava o filho e tinha o aspecto de respeitável membro da colectividade.

Estávamos impacientes, inquietos, quando tomámos lugar à mesa. É que nos aproximávamos das nove e meia e assim a expectativa tornavase ansiosa. Depressa deixámos de fingir que nos ocupávamos do almoço, que desde o começo fora para nós - salvo o senhor Dick - mera formalidade. Betsey passeou cá e lá na sala, Traddles foi sentarse no canapé e eu fui até à janela para espiar a chegada do senhor Micawber. Não precisámos de esperar muito tempo, porque ao dar o relógio a meia hora ele apareceu na rua.

- Aí vem! - gritei. - E sem o traje «jurídico».

A tia apertou as fitas do chapéu (trouxerao para a mesa do almoço) e pôs o xaile como quem se apresta para um acto solene. Traddles abotoou o casaco com ar resoluto. O senhor Dick, alarmado com estes preparativos, mas julgando necessário imitálos, carregou com as duas mãos o chapéu na cabeça... e tirouo logo para saudar o recémvindo.

- Minha senhora e meus senhores, bom dia, cavalheiro - isto ao senhor Dick, que lhe apertava freneticamente a mão - é realmente muito amável...

- Já almoçou? - perguntou Dick. - Coma uma costeleta.

- Por nada deste mundo, cavalheiro - respondeu Micawber, detendo o outro, que já ia tocar a campainha. - Eu e o apetite, senhor Dixon, estamos de relações cortadas há muito tempo.

Dixon ficou tão contente por ouvir que o tratavam por este nome (o que considerava grande favor), que tornou a apertar a dextra de Micawber e riu como uma criança.

- Atenção, Dick - ordenou Betsey.

Dick, corando, assumiu um ar de seriedade.

- E agora, senhor Micawber - continuou a tia, calçando as luvas - estamos prontos para o Vesúvio ou seja lá o que for, desde que o deseje.

- Minha senhora - replicou este - creio que vão assistir dentro de pouco a uma erupção. Doutor Traddles, permiteme, espero, revelar que temos trocado correspondência?

- Certamente. Copperfield - acrescentou Traddles, que eu olhava com surpresa - o senhor Micawber consultoume acerca das suas intenções e eu aconselheio o melhor que pude.

- Se não me engano, doutor Traddles, o que se vai seguir é uma comunicação importante.

- Em extremo - confirmou Traddles.

- Nestas condições, minha senhora e meus senhores, talvez me consintam a honra de lhes submeter, por agora, as directrizes de um homem que, não merecendo embora ser visto sob outro aspecto que o de ente abandonado na praia da natureza humana, é contudo seu semelhante, ainda que sob forma deturpada

do original por via dos erros humanos e a força acumulada de um produto de circunstâncias...

- Temos inteira confiança no senhor - retorquiu - e faremos o que desejar.

- Senhor Copperfield, a sua confiança, no caso presente, é muito bem aceite. Pedirlhesei, pois, dispensa de cinco minutos, e esperarei que vão informarse da saúde da senhora Wickfield ao escritório de Wickfield & Heep, onde sou empregado.

Assim falando, e com grande pasmo da minha parte, englobounos no mesmo cumprimento e desapareceu. Os seus modos eram altamente distantes, e tinha o rosto muito pálido.

Traddles limitouse a sorrir e fez com a cabeça um sinal de concordância (os cabelos haviamselhe eriçado) quando olhámos para ele à cata de mais explicações. Então tirei o relógio e, como último recurso, contei até cinco minutos. A senhora Trotwood, com o seu na mão, fez o mesmo. Expirado que foi o prazo, Traddles deulhe o braço e nós partimos em cortejo para o velho prédio, sem trocar palavra pelo caminho.

Encontrámos Micawber à sua secretária, na torrinha do résdochão. Escrevia, ou fingia escrever, com ardor. A régua grossa, que enfiara no colete, não estava tão bem escondida como ele supunha, e, surgindo umas polegadas abaixo do queixo, assemelhavase a um plastrão de novo género.

Como parecesse que todos aguardavam ser eu a usar da palavra, perguntei em voz alta:

- Passou bem, senhor Micawber?

- Senhor Copperfield - respondeu ele gravemente - confio em que esteja de óptima saúde.

- A senhora Wickfield está em casa? - inquiri.

- O pai, com febre devido ao reumatismo, conservase de cama; a filha, porém, terá muito gosto, creio, em receber velhos amigos. Querem seguirme?

Precedeunos na sala de jantar (a primeira divisão da residência onde eu havia entrado outrora) e, abrindo de par em par a porta do antigo gabinete de Wickfield, anunciou com voz estentórea:

- A senhora Trotwood, o senhor David Copperfield, o doutor Traddles e o senhor Dixon!

Eu não voltara a ver Uriah Heep depois da cena da bofetada. A nossa visita não deixou de o surpreender, tanto quanto nos surpreendia a nós mesmos. Não franzia as sobrancelhas, porque na verdade não as tinha, mas uniu de tal maneira as pálpebras que os olhinhos desapareceram quase por completo, e a mão ossuda que levou ao queixo denotou a inquietação que dele se apoderara. Isto, todavia, só demorou um instante, o tempo necessário para eu entrar na sala e o lobrigar por cima do ombro da minha tia. Daí a um segundo,

o homem mostravase tão humilde e obsequioso como nunca.

- Sim, senhores, palavra que se pode considerar uma boa surpresa! Todos os meus amigos de São Paulo visitandome ao mesmo tempo! Eis um prazer que eu não esperava. Senhor Copperfield, confio em que passe bem e, se me permite exprimir um humilde voto, que esteja de boa disposição para com aqueles que lhe serão sempre afeiçoados, quer o senhor queira ou não queira. Oxalá a senhora Copperfield tenha sentido melhoras. Inquietámonos muito com as más notícias que nos deram quanto á sua saúde nestes últimos tempos, acredite!

Eu não queria consentir que ele me apertasse a mão, mas como evitálo?

- As coisas modificaramse muito por aqui, minha senhora, desde a época em que eu era humilde empregado e lhe segurava no cavalo, quando a senhora chegava cá - disse Heep à tia Betsey, com o seu sorriso mais melífluo. - Eu, porém, não mudei, senhora Trotwood.

- Na verdade - respondeu ela - acho que cumpriu as promessas da sua mocidade, se é que isto lhe pode dar satisfação!

- Obrigado, minha senhora, pela sua bondosa opinião - redarguiu Heep com uma das suas mais horrorosas contorções. - Micawber, previna a senhora Wickfield e a minha mãe. A mamã vai ficar deslumbrada quando vir tão distinta companhia - rematou ele, oferecendo cadeiras.

- Não estava ocupado, senhor Heep? - perguntou Traddles, cujo olhar acabava de se cruzar com aquele olhar dissimulado que nos espiava e nos evitava ao mesmo tempo.

- Não, senhor doutor - volveu Uriah, retomando a cadeira à secretária e apertando uma na outra as mãos magras, palma contra palma, entre os joelhos esqueléticos. - Não tanto quanto desejaria. Mas, como sabe, os homens de leis, os tubarões e as sanguessugas são insaciáveis. E claro que não nos falta trabalho, para mim e para Micawber, visto que o doutor Wickfield se acha mais ou menos impossibilitado. Posso dizer, contudo, que é tanto por gosto como por obrigação que o substituímos. Creio que não o conheceu intimamente, não é verdade, doutor Traddles? Pareceme que só uma vez tive a honra de o encontrar aqui.

- Realmente, não o conheci tanto como isso - ripostou Traddles. - Aliás têloia vindo procurar mais cedo, senhor Heep.

Havia qualquer coisa no tom desta resposta que obrigou Heep a relancear o seu interlocutor com sinistra expressão de desconfiança. Mas esta desapareceu ao depararselhe a boa figura de Traddles, as suas maneiras simples, os seus cabelos à escovinha; e Uriah recomeçou, com uma crispação nervosa no esguio corpo descarnado, mas sobretudo na garganta:

- Lastimo, doutor Traddles. Têloia certamente estimado

tanto como nós todos. As suas pequeninas fraquezas tornáloiam mais querido. Mas, se quer ouvir falar com eloquência do meu sócio, dirijase ao senhor Copperfield. A família Wickfield é assunto sobre que ele está bem informado; se não o escutou ainda, aconselhoo a que o faça.

Não me competia recusar este cumprimento, mas nessa altura Agnes entrou, escoltada por Micawber. Acheia menos senhora de si que de costume; parecia cansada e ansiosa. Todavia a cordialidade sincera e a beleza calma, que eram seu apanágio, brilhavam com uma luz mais suave.

Vi Uriah observála enquanto ela nos saudava, e a impressão que me deu foi de um génio mau contemplando um espírito benéfico. Durante esse tempo, Micawber e Traddles trocaram um breve sinal; o último deixou a sala, sem que ninguém notasse, excepto eu.

- Pode retirarse, Micawber - disse Uriah.

Micawber, porém, com os dedos no regrão enfiado no colete, continuou de pé defronte da porta, olhando decididamente aquele homem, que era seu patrão, como de igual para igual.

- Que espera? - insistiu Uriah. - Micawber, não ouviu que lhe dei ordem para se retirar?

- Ouvi - respondeu Micawber, impassível.

- Então por que fica aí?

- Porque... ora, porque me apraz!

As faces de Uriah perderam o resto de cor e uma palidez malsã, apenas matizada pelo reflexo do rubor que lhe subira à testa, invadiuas por completo. Mirou atentamente o seu ajudante, num ar de expectação, ofegando.

- É um indisciplinado, como todos sabem - disselhe com um sorriso amarelo - e bem suspeito que terei de o despedir. Saia! Falarlheei mais tarde.

- Se há velhacos neste mundo - exclamou de súbito Micawber, com inesperada violência - o maior de todos dá pelo nome de... HEEP!

Uriah recuou, como se o tivessem espancado ou mordido. Percorrendonos lentamente com o olhar, com a expressão mais sinistra de que o seu semblante podia ser susceptível, murmurou em voz sufocada:

- Oh! Tratase de uma conspiração? Marcaram entrevista para aqui? Está conluiado com o meu ajudante, senhor Copperfield? Pois bem, tome cuidado. Isto não trará consequências. Sabemos de que força somos, eu e o senhor. Entre nós só existe antipatia. Sempre se mostrou, desde o primeiro dia que para cá veio, um pretensiosozinho, e agora tem inveja do meu êxito. Não é assim? Mas nada de maquinações contra mim! Derrotáloei neste campo. Desapareça, Micawber, daqui a pouco irei falar consigo.

- Senhor Micawber - intervim - este indivíduo acaba de mudar repentinamente sob muitos aspectos. Já é extraordinário que ele tivesse dito a verdade acerca de um ponto. Tudo me demonstra que está em apuros. Trateo, portanto, como merece.

- Ah, que súcia! - replicou Uriah com a mesma voz surda, enxugando com a mão lívida o suor que lhe escorria da testa.

- Comprar o meu empregado, que é a escória da sociedade (tal qual o senhor Copperfield antes que se condoessem dele, como se sabe!), para me desonrar com as suas mentiras! Senhora Trotwood, devia pôr cobro a esta brincadeira... ou então eu é que porei cobro ao vagabundo do seu marido, mais depressa do que a senhora desejaria. Se a minha profissão me deu azo a conhecer a sua história, dela saberei servirme, não tenha dúvida. Menina Wickfield, se mantém alguma afeição ao seu pai, mais vale que não se junte a esta corja. Alguns dos presentes tenhoos nas mãos. Pois que reflictam enquanto é tempo. E você em especial, Micawber, pense se não deseja ser liquidado. Aconselhoo a retirarse e a esperar que eu o procure, seu imbecil. Onde está a minha mãe? - perguntou de súbito, percebendo com ansiedade que Traddles se ausentara e puxando pelo cordão da campainha.

- Lindo procedimento, na minha própria casa!

- A senhora Heep está aqui - disse Traddles, que voltava com a digna mãe de semelhante filho. - Tomei a liberdade de me apresentar a ela.

- Quem é o senhor para se apresentar assim? E que faz aqui?

- Sou o procurador e amigo do doutor Wickfield - participou Traddles em tom calmo. - Tenho plenos poderes para agir quando for preciso.

- À força de beber, esse velho louco recaiu na infância e a procuração deve terlhe sido extorquida fraudulentamente - disse Uriah, com ar mais sinistro do que nunca.

- Sim, alguma coisa foi extorquida fraudulentamente - observou Traddles, sem se perturbar. - Eu sei, e o senhor Heep também sabe. Vamos submeter esta questão ao senhor Micawber, se nos permite.

- Ury! - bradou a senhora Heep, num tom que revelava angústia.

- Calese, mamã! Quanto menos se disser, melhor.

- Mas, Ury...

- Já lhe pedi que se calasse. Deixeme tratar deste assunto.

Embora eu soubesse há muito que a sua amabilidade era fingida e as suas maneiras pérfidas e enganadoras, nunca havia apreciado a extensão daquela hipocrisia até ao momento em que o vi finalmente sem máscara. A rapidez com que ele a deixou cair, ao compreender que estava apanhado no laço, a maldade, insolência e ódio que deixou transparecer; o ricto que lhe dava ainda a alegria de pensar em todo o mal que havia feito

(embora se sentisse perdido e já sem possibilidade de desforra), tudo isto, apesar de conforme à experiência que eu tinha dele, tomoume a princípio de improviso, a mim, que o conhecia desde longa data e o detestava tão cordialmente.

Não me ocuparei do olhar que me lançou quando nos contemplou um após outro; sempre me convencera de que me detestava e se não esquecia da marca dos meus dedos na sua cara. Mas quando o olhar dele se poisou em Agnes, e eu vi a raiva que sentia por lhe escapar todo o poder sobre essa vítima (e a exibição, perante o malogro, da paixão odiosa que o forçara a aspirar a uma pessoa cujas virtudes jamais soubera apreciar), revoltoume só a ideia de que ela devia viver nas imediações daquele homem.

Após haver coçado por certo tempo a parte inferior do queixo, sempre a mirarnos com aqueles olhos maus por cima dos dedos sinistros, Heep dirigiuse mais uma vez a mim, num tom meio suplicante meio insultuoso.

- Considerará lícito uma coisa destas, senhor Copperfield, o senhor que se gaba de ser tão cavalheiro? Insinuarse na minha casa e em seguida escutar às portas com o meu empregado? Se fosse eu, que fizesse semelhante coisa, nada haveria de extraordinário, pois não me faço passar por bem educado, embora nunca fosse vagabundo, como foi o senhor, segundo conta Micawber; mas o senhor Copperfield! Não receia proceder dessa forma? Não pensou no que eu posso fazer em retribuição nem nos inconvenientes que resultariam se o acusasse de cumplicidade delituosa? Muito bem. Veremos. O senhor... não sei quê... ia fazer uma pergunta a Micawber. Pois que a faça. Por que espera? Ele decorou a lição, como se vê...

Notando que nada disto produzia qualquer efeito na assistência, sentouse na borda da mesa, com as mãos nos bolsos e um dos pés chatos passado sobre a outra perna, e esperou sem se mexer o que pudesse seguirse.

Micawber, a quem eu com muita dificuldade contive a impetuosidade e que, por várias vezes, interviera com apartes, Micawber precipitouse finalmente para diante, tirou o regrão do colete (na aparência à laia de arma defensiva) e extraiu da algibeira uma folha imensa de papel dobrada em forma de carta.

Desdobroua com o seu velho gesto nobre e, contemplando o conteúdo como se alimentasse grande admiração pela arte do seu estilo, principiou a ler o que se segue:

«Minha senhora e meus senhores...»

- Deus me acuda! - exclamou a meia voz a tia Betsey. - Este homem escreve cartas às resmas!

Sem lhe prestar atenção, Micawber continuou:

«... Ao vir denunciar perante os senhores talvez o mais consumado dos patifes... - Sem desviar a vista do papel, brandiu a régua, como uma batuta magistral, na direcção da cabeça de Uriah. - ... eu não peço clemência para mim. Exposto desde o meu nascimento a obrigações pecuniárias que não podia satisfazer, sempre fui joguete de circunstâncias degradantes. A Ignorância, a Necessidade, o Desespero e a Loucura têm, colectiva ou separadamente, sido os servidores da minha carreira.»

O prazer com que Micawber se apresentava como vítima de horríveis catástrofes igualava a pompa com que lia o memorial e a espécie de homenagem que ele prestava à sua obra, meneando a cabeça quando havia um período que lhe agradava em cheio.

«Foi debaixo deste peso da Ignomínia, Necessidade, Desespero e Loucura que entrei no cartório da firma conhecida pelo nome de Wickfield & Heep, mas realmente dirigido por HEEP. HEEP só é a mola oculta desta máquina. HEEP o falsário. HEEP o embusteiro.»

Ao escutar estas últimas palavras, Uriah tomou uma lividez azulada, deu um pulo como para se apoderar do papel e rasgálo. Micawber, com prodigiosa habilidade, ou muita sorte, deixou cair a régua que tinha entre os dedos sobre a mão do seu antagonista, que a dobrou. O golpe soou seco, dirseia que se partira um pedaço de madeira.

- Diabos o levem! - exclamou Heep contorcendose de forma nova, desta vez em consequência da dor sentida. - Despediloei!

- Aproximese mais, seu HEEP...(1) de infâmia - ripostou ofegante Micawber. - Se tem cabeça, eu já lha arrebento. Aproximese, sendo capaz!

Creio bem que jamais vira coisa tão ridícula (mesmo na ocasião o notei): Micawber en garde com o regrão e gritando «Aproximese», ao passo que eu e Traddles o repelíamos para um canto, donde ele teimava em sair logo.

O adversário, resmungando entre dentes, depois de haver torcido e retorcido por momentos a mão magoada, acabou por tirar lentamente o lenço para a envolver, e em seguida, segurandoa com a outra, sentouse de ar soturno, sobre a mesa, baixando a cabeça.

*1. O autor joga com a palavra «Heep», que soa como «Heap» (pilha, montão), tal se dissesse «monte de infâmia>, etc.

Micawber, vendoo suficientemente sossegado, recomeçou a leitura:

«Os emolumentos, em virtude dos quais me resolvi a entrar para o serviço de HEEP - detinhase sempre perante este nome e proferiao com energia surpreendente - não estavam determinados, excepto quanto à soma irrisória de vinte e dois xelins e seis dinheiros por semana. O resto devia depender do valor dos meus serviços, ou, por outros termos mais expressivos, da mesquinhez da sua natureza, da cupidez dos meus móbiles, da pobreza da minha família, da maior ou menor semelhança moral (ou antes, imoral) entre mim e HEEP. Precisarei observar que em breve me vi forçado a solicitar dele adiantamentos monetários para o estipêndio de minha mulher e filhos, que embora esfaimados iam crescendo? Necessitarei dizer que esta conjuntura fora prevista por HEEP? Que esses adiantamentos foram garantidos por letras e outras formas de reconhecimento de dívida, autorizadas pelas instituições jurídicas deste país? Que deste modo caí na rede que ele me preparara!»

A alegria que a sua destreza epistolar proporcionava a Micawber, na descrição deste triste estado de coisas, parecia largamente compensarlhe o desgosto e as preocupações que a realidade pudesse terlhe causado. E prosseguiu:

«Foi então que HEEP começou a concedernos a sua confiança, pelo menos tanta quanto o exigia a realização das suas manobras infernais. Foi então que principiei, se posso exprimirme num estilo shakespeariano, a languescer, a definharme, a consumirme. Os meus serviços eram constantemente solicitados para falsificar documentos e mistificar uma personagem que designarei sob a inicial de sr. W. Este sr. W. estava a ser enganado, mantido na ignorância, iludido de todas as maneiras possíveis, mas entretanto o celerado do HEEP fingia perante ele uma gratidão e um afecto sem limites. Isto era de si já muito grave, mas como diz algures o príncipe dinamarquês dos filósofos, com essa naturalidade universal que caracteriza o mais ilustre ornamento da época isabelina: «o pior está ainda por vir!»

Micawber sentiuse tão contente com esta citação tão bem colocada que se brindou (e nos brindou) com segunda leitura da frase, simulando haver perdido o fio do discurso.

é minha intenção - continuou - enumerar aqui com minúcias as várias prevaricações de importância secundária de que fui cúmplice com o meu silêncio. O meu propósito, quando cessei a luta que em mim se travava entre comer e não comer,

existir e não existir, foi aproveitar a oportunidade que tinha de descobrir e denunciar os principais latrocínios cometidos à custa desse cavalheiro W. pelo réu HEEP. Calandome interiormente, por sugestão dessa conselheira muda que Deus nos deu, e, exteriormente, por uma conselheira não menos convincente que nomearei também pela letra W. (a senhora W.), consagreime à tarefa árdua de investigador clandestino, tarefa que prossegue, tanto quanto sei, e creia e posso afirmar, há mais de uma dúzia de lunações.»

Leu este passo como se se tratasse de um Acto do Parlamento. Parecia imensamente reconfortado pelo simples som das palavras.

«As minhas acusações contra HEEP - acrescentou com um relance de vista na direcção deste e um movimento da régua colocada sob o braço esquerdo, para a ter pronta em caso de necessidade - são as que seguem.»

Retivemos a respiração, tanto quanto me recorda. Em todo o caso, tenho a certeza de que Uriah continha a sua. Micawber leu: «Em primeiro lugar: quando as faculdades e a memória do senhor W., por motivos que não vêm para o caso, principiaram a decrescer, HEEP complicou e intrincou voluntariamente os processos do cartório. Se W. estava menos apto a se ocupar dos autos, HEEP forçavao a isso; foi assim que obteve a assinatura de W. em documentos importantes que lhe eram apresentados como de importância secundária. Levou nas mesmas condições W. a autorizar que se dispusesse de um depósito de doze mil seiscentas e catorze libras, dois xelins e nove dinheiros, que empregou para pagamento de falsas despesas ou défices que ou já estavam cobertos ou nunca tinham existido. Deu a esta operação a aparência de ter sido iniciada de modo infeliz e não desgraçadamente concluída; e depois disso serviuse dela como meio de extorsão por ameaças e instrumento de tortura.»

- Tem de provar o que ele diz, Copperfield! - acudiu Uriah, sacudindo a cabeça com ar ameaçador. - Tudo em seu devido tempo.

Mas Micawber interveio, dizendo:

- Pergunte a HEEP, doutor Traddles, quem lhe sucedeu na casa que ele habitava.

- É esse imbecil em pessoa - volveu Heep em tom desdenhoso.

- E pergunte a HEEP se nunca guardou nessa casa uma agenda... - continuou Micawber.

Vi a mão descarnada de Uriah, que ainda coçava o queixo, imobilizarse de repente.

- Ou então perguntelhe se queimou uma na dita casa. Se responder afirmativamente e indagar onde estão as cinzas, mandeo ter com Wilkins Micawber e ouvirá falar de uma coisa que não é do seu agrado.

A expressão de triunfo de Micawber inquietou deveras a mãe de Uriah, que exclamou impressionada:

- Ury! Ury! Sê humilde, capitula!

- Mamã - retorquiu Heep - faça favor de se calar. Está assustada e não sabe o que diz. Humilde! - repetiu olhandome escarninho. - Com a minha humildade, humilhei razoavelmente alguns dos que estão aqui, em pouco tempo.

Micawber, repousando com distinção a papada na gravata, recomeçou a ler a sua prosa.

«Em segundo lugar: HEEP tem, por diversas vezes, ao que julgo e posso afirmar...»

- Isso não chega! - declarou Uriah, aliviado. - Mamã, não diga nada.

- Trataremos de apresentar qualquer coisa que seja prova suficiente. Não tarda muito - replicou Micawber, que prosseguiu:

«... sistematicamente imitou a assinatura do senhor W. em diferentes livros, registos e documentos, e imitoua incontestavelmente num caso que eu posso provar. É o que segue...»

E Micawber deixou mais uma vez transparecer o gosto que lhe proporcionava a acumulação solene de palavras, a qual, embora ridícula nessa emergência, não era todavia circunstância peculiar apenas ao nosso amigo. Tenhoa observado no decurso da minha vida em legião. Chega a parecerme uma regra geral. Assim, quando prestam juramento perante a Lei, dirseia rejubilarem no instante em que, através de uma catarata de palavras sonoras, exprimem uma ideia vulgar. Falamos da tirania da linguagem, mas gostamos também de a tiranizar; apreciamos o facto de ter um exército de termos supérfluos (detestar, abominar e abjurar, etc.) às nossas ordens para as ocasiões de vulto, e achamos que esta superabundância denota grandiosidade, esplendor. Assim como em ocasiões de cerimónia o que nos interessa é exibir uniformes vistosos, sem atender ao seu significado, igualmente o sentido e a propriedade das nossas expressões assumem importância secundária, uma vez que estas sejam pomposas. E assim como certas pessoas se prejudicam por ostentar fardas em excesso, e como os escravos, quando numerosos, se

revoltam contra os amos, eu julgo conhecer uma nação

que incorreu em graves dificuldades pelo prazer de abusar de enorme séquito de palavras.

Foi quase com um estalo de língua que Micawber retomou a sua leitura:

«... O senhor W. estava doente e a sua morte inscrita no cálculo das probabilidades, o que poderia trazer certas descobertas e a ruína do domínio exercido por HEEP sobre a família W. (o que é a opinião do abaixo assinado, Wilkins Micawber)... a não ser que se conseguisse, por uma pressão secreta nos sentimentos filiais da senhora W., levála a impedir qualquer investigação nos negócios da firma. De maneira que o dito HEEP achou conveniente ter em seu nome um reconhecimento de dívida da parte do sr. W. quanto à soma de doze mil seiscentas e catorze libras, doze xelins e nove dinheiros e respectivos juros, hipoteticamente adiantada pelo mesmo HEEP ao sr. W. para salvar este da desonra. Na realidade, ele nunca emprestou semelhante soma. As assinaturas constantes da escritura são falsas; possuo da sua mão outras imitações, feitas na tal agenda, as quais, embora em parte chamuscadas pelo fogo, são ainda perfeitamente legíveis. Ora eu nunca assinei, como testemunha, o acto de que acabo de falar, e guardo nos meus papéis a mencionada falsificação.»

Uriah Heep sobressaltouse, puxou um molho de chaves da algibeira e abriu uma das gavetas da sua secretária; mas, dando subitamente conta do que fazia, desviou a vista, não sem a ter antes relanceado pelo conteúdo da gaveta.

- Guardo nos meus papéis a mencionada falsificação - repetiu Micawber; olhando derredor, como se anunciasse o texto de um sermão. - Isto é, tinhaa ainda esta manhã quando escrevi este memorial, mas entregueia depois ao doutor Traddles.

- Confirmo - acudiu este último.

- Ury, Ury! - gritou a senhora Heep - sê humilde e capitula. Meus senhores, sei que o meu filho será outra vez humilde se lhe deixarem tempo necessário para se recompor. Senhor Copperfield, sabe muito bem que ele sempre foi humilde, não é verdade?

Era estranho ver a mãe continuar fiel ao velho embuste, quando já o filho reconhecera a sua inutilidade.

- Mamã - retorquiu este, mordendo com, fúria o lenço que lhe atava a mão - seria preferível que pegasse numa espingarda e a descarregasse sobre mim!

- Estimote tanto, Ury! - murmurou a senhora Heep. E estou convencido de que ela realmente o estimava, e que ele também, por mais singular que pareça, lhe retribuía na mesma moeda. Faziam, no fundo, um lindo par! - Não suporto verte provocar estes senhores e ainda aumentar mais o perigo. Disse já ao cavalheiro que veio anunciarme que estava tudo descoberto

e que respondia pela tua humildade e a tua atitude conciliadora. Vejam, meus senhores, como sou humilde, eu! Não se importem com ele. Uriah supunhame o instigador destas revelações - eu, aliás, nada fiz para o desiludir - e portanto a sua animosidade voltavase contra mim. Então, respondendo à mãe, observou:

- Ele seria capaz de lhe dar cem libras para que a senhora dissesse muito menos do que disse.

- Não pude evitálo, Ury. Custame verte assim ameaçado só pela teima de não curvares a cabeça. Tornate outra vez humilde!

Heep ficou silencioso, sempre a morder o lenço. Então, com ar provocante, replicou:

- Que há mais, senhor Copperfield? Se não há mais nada, saiam! Por que olham todos dessa maneira?

Micawber retomou imediatamente a leitura, contente por haver descoberto uma ocupação que tanto lhe quadrava:

«Em terceiro e último lugar: declaro que, por meio de livros falsificados e dos memorandos reais de HEEP, a começar pela agenda em parte queimada (a qual não compreendi aquando da nossa instalação naquela casa) e que a senhora Micawber descobriu por acaso no cubículo destinado ao despejo das cinzas da nossa lareira, estou agora habilitado a provar que as fraquezas, erros e até as virtudes, o amor paternal e o sentimento da honra do infeliz sr. W. foram durante anos explorados e deformados por HEEP a fim de servir os seus desígnios abjectos. Que o sr. W. foi durante esses anos iludido de todas as formas possíveis e imagináveis para maior proveito desse mesmo HEEP, avaro, pérfido e cúpido. Que o único fim de HEEP, à parte a sua cupidez, era submeter inteiramente o sr. W. e sua filha (sobre a qual tinha outras vistas de que por enquanto não falarei). Que o seu derradeiro acto, datado de há poucos meses, foi decidir o sr. W. a renunciar à sua parte na firma e até a assinar um contrato de venda da casa com todo o recheio, em troca de certa anuidade que seria devidamente paga por HEEP em cada um dos quatro trimestres do ano. Que estas maquinações, iniciadas com relatórios alarmantes e fictícios acerca dos recursos de que dispunha o sr. W. numa época em que, havendose metido em especulações imprudentes, não tinha naturalmente à mão as somas de que era moralmente e legalmente responsável, continuaram com pretensos empréstimos de dinheiro a juros elevadíssimos, provenientes na realidade de Heep, mas fraudulentamente obtidos por Heep do próprio sr. W. ou por ele recusados, sob o pretexto das tais especulações; e ainda continuaram por uma série variada de chicanas sem escrúpulos, acabando por se multiplicar de tal maneira que o desgraçado sr. W. soçobrou numa onda de desespero. Acreditando na falência, não só dos seus bens como das suas esperanças

e da sua honra, não dispunha o sr. W. doutro recurso senão este monstro de aparência humana - Micawber sublinhou a frase, compreendendo o valor da sua originalidade - que, tornandoselhe indispensável, consumara a sua ruína! Comprometome a provar tudo isto... e provavelmente ainda muitas outras coisas.»

Murmurei umas palavras a Agnes, que chorava de alegria e desgosto, junto de mim. Houve um movimento geral, como se Micawber tivesse acabado. Contudo, cheio de gravidade, ele pediunos desculpa e chegou à peroração do memorial, denunciando uma satisfação infinita, se bem que eivada de tristeza.

«Termino agora. Só me resta provar o fundamento das minhas acusações, e em seguida, com a minha desditosa família, desaparecer de lugares em que parece que estamos a mais. Isto não tardará a acontecer. Podese naturalmente supor que o nosso filho mais novo venha a ser o primeiro a sucumbir de inanição, por ser o membro mais frágil do nosso grupo: em seguida acompanháloão os nosssos famosos gémeos. Que seja! Quanto a mim, esta peregrinação a Cantuária contribuiu muito para me aproximar do túmulo; a prisão por processo cível e a miséria farão em breve o resto. Espero que as dificuldades e os riscos de uma investigação - cujas primeiras conclusões foram lentamente apuradas, apesar da urgência de ocupações árduas, sob o peso de cuidados esmagadores, ao nascer da alva, ao orvalho dos crepúsculos, até nas sombras da noite, sob o olhar vigilante de um ser que seria supérfluo chamar Demónio - combinados com o esforço de um pai de família sem pecúnia suficiente para disso tirar partido, quando completada a dita investigação, possam ser como borrifos de água fresca lançados na minha pira funerária. Mais não peço. Que ao menos se diga de mim, com justiça, o mesmo que disseram de um grande herói naval que não pretendo igualar: que o que fiz o foi com desprezo de considerações mercenárias e egoístas.

«Pela Inglaterra, pela Pátria e pela Beleza!

(assinado) Wilkins Micawber.»

Enormemente comovido, mas sempre contente, o senhor Micawber dobrou o papel e apresentouo à minha tia, com uma vénia, como coisa que ela devesse querer conservar.

Havia ali, como já notara aquando da minha primeira visita, já tão distante, um cofre, e a chave estava na fechadura.

Pareceume que cruzara o espírito de Uriah uma rápida suspeita; sob o olhar de Micawber, ele atravessou a sala e abriuo bruscamente de par em par. Encontravase vazio.

- Onde estão os livros? - bradou, com a cara congestionada. - Houve um ladrão que os roubou!

Micawber bateu no peito com a régua.

- Fui eu - confessou. - Quando vim pedirlhe a chave, como de costume, mas um pouco mais cedo, esta manhã, para abrir o cofre.

- Não se preocupe - interveio Traddles. - Os livros estão em meu poder. Cuidarei deles, conforme me autoriza a procuração de que lhe falei.

- É então receptador de coisas roubadas? - perguntou Uriah.

- Sou, nas circunstâncias presentes - respondeu Traddles.

Qual não foi o meu espanto ver a tia Betsey, até aí profundamente silenciosa e atenta, precipitarse para Heep e agarrálo pela gola do casaco com as duas mãos.

- Sabe o que quero, eu? - disse ela.

- Uma camisadeforças - sugeriu Heep.

- Não, mas o meu dinheiro! Querida Agnes, enquanto julguei que esse dinheiro fora realmente delapidado pelo seu pai, não quis (nem sequer a Trot) contar uma só palavra da entrega que lhe fizera de certas somas. Entretanto sei que esta criatura é o único responsável, e por isso quero o que é meu! Trot, ajudame a recuperálo!

Ignoro se a tia imaginou que Uriah tinha essa importância na gravata, mas o certo é que a puxou, como se de facto lá estivesse. Apresseime a afastála e a garantirlhe que procuraríamos fazer com que ele restituísse o que desviara, até ao último ceitil. Esta garantia, reforçada por uns minutos de reflexão, acabou por a tranquilizar; mas não pareceu de nenhum modo desconcertada com a atitude que tomara (embora não pudéssemos dizer o mesmo do chapéu) e retomou sossegadamente o seu lugar.

Havia já momentos que a senhora Heep não cessava de recomendar ao filho que fosse «humilde», e até ajoelhara sucessivamente diante de cada um de nós para nos fazer promessas extravagantes. Uriah sentoua na poltrona e, de pé a seu lado, cabisbaixo, retendoa por um braço (mas sem rudeza, aliás), disseme com ar feroz:

- Que vai fazer?

- Já lho direi - acudiu Traddles.

- Este Copperfield não tem língua? - resmungou Uriah. - Não sei quanto lhe daria para saber se lha cortaram!

- O meu Ury vai ser muito humilde - prometeu a senhora Heep. - Não façam caso do que ele diz, meus senhores!

- Eis o que se vai fazer - principiou Traddles. - Começaremos por esse acto de renúncia, que nos deve ser entregue imediatamente, e do qual já se falou.

- E se eu o não tiver?

- Como sei que já o tem, não podemos supor nada de semelhante - retorquiu Traddles.

Devo confessar que foi a primeira vez que prestei inteira justiça ao juízo claro, ao bom senso e à simplicidade do meu camarada, assim como à sua prática e paciência.

- Depois - continuou - tem de se preparar para largar mão de tudo quanto a sua rapacidade se apropriou. Todos os livros e documentos da firma ficarão em nosso poder, e igualmente todos os seus livros e documentos pessoais, contabilidade e títulos de ambas as proveniências. Numa palavra, tudo o que aqui está.

- Ah, sim? Isso veremos - volveu Uriah. - Preciso de reflectir.

- Decerto. Mas entretanto, e até que esteja tudo como queremos, as coisas estarão em nossa posse e convidamolo (ou obrigamolo, se prefere) a não sair do seu quarto nem falar com mais ninguém.

- Não aceito! - declarou com força Uriah Heep.

- A cadeia de Maidstone é lugar seguro para um detido. E embora a lei possa levar mais tempo para nos fazer justiça, e não esteja apta a praticála tão completamente como o senhor, a verdade, todavia, é que ela o castigará. Meu Deus, sabe isto tão bem como eu! Copperfield, queres ir à administração e voltar com dois polícias?

Ao ouvir estas palavras, a senhora Heep caiu de novo ajoelhada em frente de Agnes, chorando e afirmando que Uriah era muito humilde, que se passara tudo realmente como disséramos, e que, se ele não fizesse o que pretendíamos, ela o substituiria nesse mister, o que daria o mesmo resultado. Os seus temores pela sorte do filho quase lhe tiravam o juízo. Saber o que ele faria, se possuísse um pouco de coragem, equivaleria a indagar como procederia um vil rafeiro se tivesse a audácia do tigre. Heep não era mais do que cobardia, e esta manifestouse mais nessa ocasião que em outro momento da sua vida.

- Espere! - gritoume, enquanto passava a mão pela testa húmida. - Mamã, calese! Já que se lhe tem de dar o papel, vá buscálo.

- Queira acompanhála, senhor Dick, se faz favor - disse Traddles.

Orgulhoso desta missão, cujo alcance compreendia, Dick seguiua como um cão de pastor poderia seguir uma ovelha. A senhora Heep não lhe causou nenhum percalço, porque voltou não só com o documento, mas ainda com a caixa em que ele se guardava; aí achámos um livro de Banco e outros papéis

que nos foram úteis mais tarde.

- Óptimo! - comentou Traddles. - Agora, senhor Heep, pode retirarse para reflectir. E não se esqueça de que não há outra solução além daquela que estipulei e que esta tem de ser observada.

Uriah, sem erguer a vista do chão, dirigiuse para a saída com passos pesados, ainda a coçar o queixo; detendose um instante, murmuroume:

- Copperfield, munca deixei de o odiar! Sempre foi ambicioso, sempre esteve contra mim!

- Como já tive ocasião de lhe dizer, o senhor é que, na sua cupidez, esteve sempre contra toda a gente. Deve serlhe proveitoso reflectir, de futuro, em que a avidez e a manha acabam por ultrapassar os seus fins, neste mundo abjecto, e portanto terminam mal. Isto é tão certo como a morte.

Ao que Uriah respondeu, escarninho:

- Ou tão certo como o que nos ensinaram na escola (essa escola em que fiz tamanha provisão de humildade quando nos diziam das nove às onze horas que o trabalho era uma maldição, e das onze à uma hora que era um bem, uma alegria e uma honra, e não sei que mais. Os sermões são mais ou menos lógicos como os deles. Mas a humildade serve de qualquer coisa, hem? Sem ela eu jamais teria embaído o meu distinto patrão e sócio. Micawber, meu velho fanfarrão, hásde mas pagar!

Micawber, com o mais soberano desprezo para com Uriah, e de dedo estendido, empertigouse o mais que pôde, até que o adversário se esgueirou; em seguida, virandose para mim, concedeume a satisfação de assistir «ao restabelecimento da confiança natural entre ele e a mulher». Após isto, convidou todo o grupo para ir contemplar tão comovente espectáculo.

- O véu que durante tanto tempo se interpôs entre mim e a senhora Micawber acaba de se rasgar - declarou. - Os meus filhos e o autor dos seus dias podem agora verse em pé de igualdade.

Estávamos todos gratíssimos e desejosos de lho testemunhar, tanto quanto nolo permitia o nosso espírito agitado, e creio que iríamos de tropel se Agnes não tivesse de ficar tomando conta do pai, incapaz de suportar, por então, mais que um simples luzeiro de esperança. Além disto, era necessário estar de atalaia quanto a Heep. Traddles ficou para cumprir esta missão, enquanto esperava que o senhor Dick o viesse substituir, e nós partimos, eu, a tia Betsey e aquele último, na companhia de Micawber. Ao deixar assim precipitadamente a criatura a quem tanto devia, e pensando no destino a que ela milagrosamente escapara, abençoei os sofrimentos dos meus verdes anos, que me haviam permitido conhecer a família de Wilkins.

A casa destes Micawbers não era longe e a porta de entrada dava directamente para a sala de visitas. Ele entrou com a sua pressa habitual e nós achamonos, de repente, no seio da família; correndo para os braços da mulher, exclamou: «Emma, Emma, meu amor!» Ela soltou um grito e cingiu o marido ao peito. A filha mais velha, que embalava o recémnascido (a que se referiu o memorial de Micawber) ficou visivelmente comovida. O nené estremeceu. Os gémeos demonstraram o seu júbilo por meio de manifestações deslocadas, mas inocentes. O filho dos Micawbers, cujo temperamento parecia acidulado por decepções precoces, abandonouse a melhores sentimentos e começou a choramingar.

- Emma! - continuou o dono da casa. - Dissipouse a nuvem que pesava sobre a minha alma. A confiança mútua, que durante tanto tempo reinou entre nós, voltou para não mais sofrer qualquer eclipse. E agora, viva a pobreza! - concluiu chorando. - Viva a miséria, a fome, os farrapos, o temporal, a mendicidade! A confiança mútua ampararnosá até ao fim.

Sempre soltando exclamações, Micawber depositou a mulher numa cadeira e beijou os filhos, em roda, com o ar de que lhe eram agradáveis as sombrias perspectivas anunciadas, coisa que a geração nova decerto não considerou com tanto optimismo. PropôsLhes a seguir que fossem pelas ruas de Cantuária, entoando um coro, visto que não possuíam outros recursos.

Mas a senhora Micawber desmaiara devido à comoção sofrida, e tratouse de a reanimar, mesmo antes de organizar o coro. Disso se encarregaram minha tia e o senhor Micawber, e então apresentaramlhe a senhora Trotwood; a mim reconheceume sem dificuldade.

- Desculpe - disse a pobre esposa, estendendome a sua mão - mas não sou saudável e foi demasiado forte a circunstância de ver dissiparse o malentendido que existia entre mim e o Wilkins.

- São todos os seus filhos? - perguntoulhe a tia Betsey.

- Por agora não há mais - respondeu a senhora Micawber.

- E o primogénito a que se destina? - continuou Betsey, com ar meditativo.

- Ao chegar cá pensava fazêlo entrar na Igreja, ou mais exactamente no coro - disse o pai. - Mas não precisavam de tenor nesta catedral, e ele... em suma, habituouse a cantar nos botequins de preferência aos lugares santos.

- Todavia está cheio de boas intenções - interveio a mãe.

- Não duvido, minha querida, das suas boas intenções - redarguiu Micawber - mas ainda não dei fé de que as tivesse posto em prática, de uma maneira ou de outra.

O filho reassumiu o seu ar sorumbático e perguntou, com mau génio, que é que devia fazer. Por acaso nascera carpinteiro ou decorador, mais do que nascera pássaro? Devia ir fundar,

na rua ao lado, uma loja de boticário? Correr ao tribunal, proclamandose advogado? Ou estrearse à força na ópera e vencer pela violência? Eralhe lícito fazer qualquer destas coisas, sem estar preparado?

Betsey Trotwood meditou um instante.

- Senhor Micawber - disse ela - admirome de que não lhe ocorresse a ideia de emigrar...

- Esse foi o sonho da minha mocidade e esperança ilusória da idade madura - replicou Wilkins.

Entre parênteses direi estar convencido de que ele jamais pensara em semelhante coisa.

- Deveras? - volveu Betsey, lançandome um olhar rápido. - E não seria agora excelente ocasião para realizar o projecto?

- O capital, minha senhora, o capital... - objectou Micawber. E a mulher observou:

- É a única dificuldade, meu caro senhor Copperfield. A única.

- Capital? - repetiu a tia Betsey. - O senhor prestounos um serviço enorme. Que podemos fazer de mais justo do que proporcionarlhe esse capital?

- Eu não poderia aceitar presentes - retorquiu Wilkins Micawber, cheio de ardor e animação - mas se alguém nos quisesse adiantar uma importância suficiente (digamos, a cinco por cento ao ano), sob a minha simples garantia pessoal... por meio de letras a doze, dezoito e vinte e quatro meses, respectivamente, para dar tempo a que surgisse qualquer coisa.

- Se alguém quisesse? Com certeza que se quer e se háde fazer, nas condições desejadas - afirmoulhe a tia. - Pensem ambos no caso. David conhece gente que vai partir em breve para a Austrália. Se resolverem embarcar, por que não haveriam de seguir no mesmo navio? Podem ajudarse uns aos outros. Reflicta nisto, senhor Micawber, e também a sua esposa. Pesem entretanto os prós e os contras.

- Só lhe quero fazer uma pergunta, minha senhora - interveio a mulher de Micawber. - O clima é saudável?

- O mais saudável do mundo!

- Muito bem. A pergunta é esta: as condições do país serão de molde a permitir a um homem com os dotes de Micawber elevarse na escala social? Não se trata, por ora, de saber se lhe é possível aspirar a ser governador ou algo de semelhante. Mas os seus talentos acharão aí campo bastante para se exercerem e atingir o seu verdadeiro desenvolvimento?

- Não haveria melhor sítio para uma pessoa os exercer, se se comportar bem e trabalhar com afinco.

- Comportar bem e trabalhar com afinco - repetiu a senhora Micawber, como criatura que sabe o que são coisas práticas. - Nessas condições - declarou - pareceme que a Austrália

é evidentemente a esfera de acção requerida por alguém como Micawber.

- Estou certo - acudiu o marido - que nas circunstâncias presentes é esse o único país que convém a mim e à minha família, e que se háde apresentar algo de muito extraordinário naquele ponto do mundo. Aliás não é longe, comparativamente falando. E embora a sua generosa proposta mereça ser bem ponderada, afiançolhe que desde agora será apenas uma questão de formalidades.

Esquecerei algum dia como esse homem se tornou, do pé para a mão, o mais optimista de todos e logo se viu rico, ou como a mulher começou a discorrer acerca dos hábitos dos cangurus? Esquecerei jamais aquela rua de Cantuária em dia de mercado, quando Micawber, admirando os bois que passavam para a feira, sugeria o fazendeiro australiano que se encontra de passagem na sua terra natal?