< Назад  |  Дальше >
Шрифт: 

O Sr. Bennet contava-se entre os primeiros que foram visitar o Sr. Bingley. Sempre tencionou visitá-lo, embora até ao fim tivesse feito crer à mulher que não iria; e até à noite do próprio dia da visita ela não teve qualquer conhecimento do facto, que só então foi revelado da seguinte maneira. Estando o Sr. Bennet a observar a sua filha segunda a enfeitar um chapéu, inesperadamente disselhe:

- Espero que o Sr. Bingley goste, Lizzy.

- Não temos qualquer possibilidade de saber o que agrada ou não ao Sr. Bingley - disse a mãe dela amuada -, uma vez que o não podemos visitar.

- Mas a mãe esquece-se - disse Elizabett - de que nós o encontraremos em reuniões e que a Sr.a Long prometeu apresentar-no-lo.

- Não tenho nada a certeza de que a Sr.a Long faça tal coisa. Ela própria tem duas sobrinhas. É uma mulher egoísta, hipócrita e não a tenho em grande estima.

- Nem eu - disse o Sr. Bennet -; e alegra-me saber que a senhora prescinde dos seus serviços.

A Sr.a Bennet não se dignou a dar-lhe qualquer resposta; mas incapaz de se conter, começou a repreender uma das filhas.

- Acaba-me com essa tosse, Kitty, por amor de Deus! Tem um pouco de compaixão pelos meus nervos. Pões-me fora de mim.

- Kitty não sabe tossir com discrição - disse seu pai -; não tem controlo na tosse.

- Não é por divertimento que eu tusso - replicou Kitty, impertinente.

- Quando é o teu próximo baile, Lizzy? (1) (1) R. W. Chapman é de opinião que esta pergunta, que no texto se atribui a Kitty, é feita, de facto, pelo Sr. Bennet.

- De amanhã a quinze dias.

- Ora, pois é - exclamou sua mãe -, e a Sr.a Long que só regressa na véspera. Assim ser-lhe-á impossível apresentar-no-lo, pois nem ela própria o conhece ainda.

- Nesse caso, minha querida, a vantagem será sua e poderá apresentar o Sr. Bingley à sua amiga.

- Impossível, Sr. Bennet, impossível, pois eu própria não tenho qualquer familiaridade com ele. Que arreliador que o senhor é!

- Aceite o meu louvor por tal circunspecção. Um conhecimento de quinze dias é, na verdade, insuficiente.

Nada de concreto se pode saber sobre um homem ao fim desses quinze dias. Mas, se «nós» não arriscarmos, outros arriscarão, e nessa altura a Sr.a Long e as sobrinhas não terão mais que aguardar a sua oportunidade. Porém, como tal gesto seria por ela considerado um acto de bondade, caso a senhora decline prestar-lhe esse serviço, eu próprio me encarregarei dele.

As raparigas olharam, espantadas, para o pai. A Sr.a Bennet apenas disse: «Que disparate!»

- Qual o significado de exclamação tão enfática? - disse ele exaltado. - Considera um disparate as práticas de apresentação e a importância que se lhes dá? Nisso não estou nada de acordo com a senhora. Qual a tua opinião, Mary?

Tu, que és jovem sensata e profunda, que lês bons livros e deles extrais ensinamentos.

Mary quis dizer algo de relevante, mas não sabia como.

- Enquanto Mary põe em ordem as suas ideias - continuou ele -, voltemos ao Sr. Bingley.

- Estou farta do Sr. Bingley - exclamou a mulher.

- é consternado que a ouço dizer tal coisa. Mas porque não me preveniu antes? Se soubesse disso esta manhã, não teria de certeza ido visitá-lo. Já é pouca sorte! Mas, uma vez que a visita está feita, não nos podemos agora esquivar a uma certa familiaridade.

O espanto provocado nas senhoras foi exactamente aquele que ele pretendeu, ultrapassando de longe o da Sr.a Bennet o das filhas, apesar de, passada a primeira efusão de aleoria, ela declarar que dele não esperava outra coisa senão aquilo.

- Que bonito gesto o seu, Sr. Bennet. Mas eu sabia que acabaria por o convencer. Tinha a certeza de que o seu amor pelas pequenas não o deixaria indiferente perante tal oportunidade. Oh!, que contente que eu estou!, e que bela partida nos pregou, ter ido lá esta manhã, e guardar segredo até este momento.

- Agora, Kitty, tosse à tua vontade - disse o Sr. Bennet; e, dito isto, abandonou a sala, cansado dos arrebatamentos de sua mulher.

- Que excelente pai o vosso, minhas filhas - disse ela, quando a porta se fechou. - Não vejo como podereis alguma vez retribuir-lhe a sua bondade, e neste caso a minha também. Na nossa idade, garanto-vos, já não é tão agradável encetar relações todos os dias, mas por vós faríamos tudo. Lydia, meu amor, apesar de seres a mais nova, julgo que será contigo que o Sr. Bingley irá dançar no próximo baile.

- Oh! - disse Lydia resolutamente -, não tenho receio, pois, apesar de ser a mais nova, sou a mais alta.

O resto do serão passou-se em conjecturas sobre quando retribuiria ele a visita do Sr. Bennet e para quando deveriam elas convidá-lo a jantar.